Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casa da Gorda

Casa da Gorda

11
Set18

Aquele momento em que…

Gorda

…percebemos que o colega que nos acabou de responder, leu o nosso e-mail e pensou “se tens lido a merda do e-mail até ao fim não estavas a fazer estas perguntas ó analfabeta do car….”

 

E nós guardamos a viola e pensamos que aprendemos com os nossos erros, só mesmo até alguém nos fazer uma pergunta estúpida sobre uma coisa que já respondemos e então nós vociferamos “parece que é tudo uma cambada de cegos ou lá o que é, uma pessoa escreve as coisas para quê?”

 

Se isto ainda fosse no tempo dos pombos correio a ver se não se lia tudo o que o papel dizia, à segunda volta o pombo vazava-nos uma vista e gritava “lê essa merda bem ó filha da mãe, pagas-me em milho, não é caviar! Deves achas que eu sou o Phelps das cartas. Pa-um-lado-po-outro-pa-um-lado-po-outro-arre!

 

2 comentários

Comentar post