Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casa da Gorda

Casa da Gorda

17
Nov18

Prémio blogger "Brilho do Sol"

Gorda

Sunshine.png

 

A minha mãezinha sempre me disse “aí filha gorda e burra não pode ser. Tu estuda!”; e eu estudei, mas isso não quer dizer que tenha deixado de ser palerma. Essa condição tem que ver com uma componente genética que consigo ultrapassar tanto quanto o facto de apenas ter um metro e sessenta.

Dito isto a minha rica Ninita achou que eu havia de responder a umas perguntas, e eu cá respondo, parvamente, mas respondo.

Cá vai rábano (p’a não ser sempre o alho):

 

1. Qual a situação mais stressante que tiveste?

Vivo a situação mais stressante sempre que vou ao multibanco e tiro o extrato. Por isso  a minha situação mais stressante é vivida em loop.

2. Que perfume usas?

O que me oferecerem, se for detergente de chão num frasco da Doce Cabana eu não dou conta. Desde que cheire a flores e a limpo...

3. Qual o doce que não és capaz de recusar?

Acho que é Serradura. "Acho" porque eu tenho por habito come-lo e não chamar por ele. Mas é aquela coisa que é por camadas de natas batidas e bolacha maria partida.

4. Qual foi a tua maior aventura até hoje?

Ter um filho. Se há aventura em que uma pessoa se mete é ter filhos. Quem acha que estar à beira de uma falésia desafia as leis do medo é porque nunca viu um filho com dois dedos espetados a correr em direcção a uma tomada, quando a pessoa está a 15 metros de distância.

5. Uma coisa que te envergonhas de contar?

Que dou peidos. (ah que porcaria, não és nada uma senhora e coise. Sou uma senhora sim, só tenho é o interior melhor que o de muitas porque deixo sair o mal que há em mim)

6. O filme que mais vezes viste desde sempre?

A pequena sereia (quando era miúda achava que se treinasse muito podia ser a Ariel (dá para ver que sempre vivi à margem da realidade não é?))

7. Uma cor que detestas e não usas?

Epá não gosto de verde alface, mas se me derem a roupa eu uso. Sou pobre e a cavalo dado não se olha a dente, mesmo que o gajo tenha placa.

8. Uma lembrança engraçada da tua infância?

Uma vez ia com os meus pais visitar o meu irmão mais velho à casa nova dele. A minha mãe tinha comprado umas plantas para ele pôr no terraço e eu insisti em levar um vaso em cada mão. Escapou-me o pé numas escadas e caí. Até bater com os costados no chão andei a patinar como um desenho animado e aterrei de cagueiro para garantir que não dava cabo dos vasos. Fiquei em posição de tartaruga aflita e a minha mãe não conseguia ajudar-me porque estava a ver-se à rasca para parar de rir.

9. Apresentador/a preferido/a?

Epá gosto do Palmeirim, gosto do Claúdio Ramos, gosto do Unas no Maluco Beleza, eu gosto de toda a gente que me faz rir.

10. Actor ou atriz favorita?

Tom Hanks e Meryl Streep.

11. A tua peça de roupa do teu roupeiro favorita?

Nada. Gosto é de andar pelada. Louca a correr pela casa, banha para um lado, nalga outro. Wow. Pena é este frio, estraga tudo.

 

E é isto. Vale a pena vir aqui não é? Eu sei, eu sei.

(não vou nomear ninguém porque, tal como eu já referi, eu não conheço muita gente, the world can be a lonely place...)

 

Para mais conteúdos podem sempre acompanhar a Gorda no Instagram.

Ou ainda na conta de Facebook.

 

1 comentário

Comentar post