Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Casa da Gorda

Casa da Gorda

27.09.18

Meu querido Gregório Duvivier

Gorda
Estou lhe escrevendo esta carta tendencialmente idiota porque ambos sabemos que ela não vai ser lida, ou melhor, eu sei que não vai ser lida, você não sabe sequer que ela existe, o que é algo que me deixa bastante descansada. Pra me fazer entender melhor – e porque tenho a mania que sou engraçadinha (o humor é o refúgio das gordas, já que a salvação só a encontramos no açúcar e no pão com manteiga) – decidi escrever essa missiva abusando dos acentos, árrastando as (...)