Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casa da Gorda

Casa da Gorda

22
Set18

Tratar da roupa

Gorda

Cesto da roupa escura. Cesto da roupa clara. Detergente em pó para nódoas mais difíceis. Detergente liquido para roupa menos suja. Detergente para conservar cores. Detergente para um branco imaculado. Detergente para nódoas rambo. Lixívia com cheiro a flores imaginário porque cheira sempre a lixívia. Lixívia que não danifica as cores mas se apenas colocarmos por pouco mais de 30 minutos. Depois o que era creme passa a amarelo. Detergente para lavar a máquina de lavar. Amaciador com cheiro intenso. Amaciador antialergico. Amaciador barato que só dá cheiro quando enfiamos o nariz na garrafa. Programa curto. Programa médio. Programa forte. Duas horas a andar à roda. Até o cão fica baralhado.

Descobrir uma peúga preta no meio das camisas brancas. Pensar em pedir o divorcio. Decidir manter o casamento porque há uma casa para pagar.

Perceber que a blusa de cetim branca que mais gostamos ficou tingida de vermelho pela t-shirt do Glorioso que o marido pôs na cesta errada quando chegou da bola com os amigos. 

Roupa do trabalho. Roupa de fim de semana. Roupa de andar por casa, que é como os restos da roupa. Roupa de ginásio. Roupa de jogar à bola. Roupa dos miúdos. Roupa para miúdos levarem para a escola. Roupa de fim de semana para os miúdos. Roupa de casa de banho (toalhas). Roupa de cama. Roupa de enfeitar (também conhecida por cortinados). Roupa de mesa.

Roupa que se lava na máquina. Roupa que se lava à mão.

Roupa de lã. Roupa de algodão. Roupa de poliéster. Roupa grosseira e roupa cheia de nove horas.

Estender antes de sair de casa.

Roupa que fica sem cor porque está muito sol.

Roupa que não seca porque afinal choveu.

Roupa que cai do estendal e se torna inútil depois de levar com duas mijas de cães vadios.

Roupa que se seca na máquina.

Roupa que se leva à lavandaria self-service.

Roupa que continua a cheirar mal depois de lavada.

Roupa que faz com que a outra roupa cheire mal.

Apanhar a roupa. Dobrar a roupa. Pensar numa razão minimamente razoável para que se dobrem as cuecas. Acabar de dobrar as cuecas sem encontrar uma razão. 

Escolher a roupa que tem mesmo de ser passada. Separar da roupa que passa bem sem ferro porque quando fica justa ao corpo nem se notam os vincos. Ter em mente esta característica quando se compra roupa. Facilita a vida. Escolher a roupa que vai para a engomadoria. Passar a roupa que se passa em casa. Há que controlar a despesa.

Arrumar a roupa toda e perceber que os cestos já estão a meio outra vez.

Só gosta de roupa quem não trata dela em casa. Porque o maior inimigo do fim de semana é o material têxtil.

 

7 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Visitas

contador de acesso grátis

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D